best website software

Convidados

LINO BERTRAND
Artista plástico, especialista em Psicologia Junguiana e Arteterapia pela Facis Ibehe.

Tema: O Potencial Curativo da Arte e das Mandalas na Psique

Assim como um pão, um bolo ou uma modelagem em argila, podemos ser curados. A arte e as expressões criativas são um caminho fabuloso para o acesso a instâncias psíquicas e emocionais as quais muitas vezes não nos permitimos ter contato. A mandala, como expressão criativa, segue os padrões do citado anteriormente, com a potencialização de ser um símbolo de totalidade e reorganização interior, facilitando todo o processo de cura que ainda está por ser elucidado ao indivíduo e à nossa sociedade.

SAMANTHA BUGLIONE
Filósofa, Escritora, Doutora em Ciências Humanas, Bacharel e Mestre em Direito. Trabalha com o método cientifico de Goethe, fenomenologia e hermenêutica e estudo temas como o amor, o mal, o perdão e a liberdade.

Tema: Entre a Forma e a Força Formadora

Podemos tentar compreender fenômenos do nosso mundo, um objeto ou um evento, olhando para a coisa minunciosamente, analisando os seus detalhes em microscópios ou teses dentro de regras duras e confiáveis de um método cientifico consagrado. Assim, dissecamos todas as partes e desse trabalho exaustivo podemos dizer o que aquilo que observamos é. O que é será o que é passível de ser visto e manipulado. O invisível, portanto, não faz parte do nosso universo de conhecimento, salvo se pudesse ser controlado e analisado pelo método cientifico tradicional. Outra forma, porém, de entender e se relacionar com o mundo é olhar para o fenômeno e observá-lo como expressão de algo para além dele. Haveria, nessa hipótese, um duplo: visível e invisível, ente e ser. Nessa perspectiva nosso objeto de análise é também o invisível, a força que permite que algo se apresente em uma forma física ou evento (fenômeno). Assim, o que é permanente é a força que existe no mundo através de uma expressão material. Um microscópio, portanto, ajuda, mas não autoriza afirmar o que algo é. O ser, portanto, não é apenas sua representação (ente), ele é também a força que o fenômeno em um tempo e espaço especifico e que foi percebido por alguém. 

ROSANNE SABBAG
Psicóloga pela PUC-PR/1981, analista junguiana pela Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica, filiada à International Association for Analytical Psychology(IAAP-Zurich), membro cofundador do Núcleo Junguiano de Florianópolis(NJF), diretora do Semeando Clínica. Estudou junto ao Grupo de Estudos da Dra. Nise da Silveira, vinculado ao Museu de Imagens do Inconsciente.

Tema: A Arte segundo a Alquimia

A Alquimia é uma antiga arte de transformar os metais. O Elixir da Vida Eterna ou o Ouro Filosofal seriam seus objetivos finais. Entretanto, aos olhos da ciência psicológica de C.G.Jung, a Alquimia é uma precursora da moderna Psicologia e tratava de descrever o processo do homem encontrar seu valor mais precioso, encontrar a si mesmo e o caminho simbólico do Processo de Individuação. No laboratório, o alquimista pratica o processo. Expressa, desenha, pinta, esculpe. E, assim, elabora, compreende, materializa e realiza a arte do autoconhecimento.

FABIO VILLAR
Médico psiquiatra pela USP e Psicoterapeuta Junguiano.

Tema: O Símbolo e a Psique

O símbolo é aquilo que vai além do literal, o que é alcançado pela poesia, pela musica, pela arte em geral e pelas mitologias, tudo que emana desse inconsciente coletivo. Mas externamente qualquer imagem pode fazer a função de símbolo (um objeto, uma memória, uma pessoa, uma paisagem, etc). O literalismo é o “diabolo” na alusão de “símbolo” ser o que reúne o mundo interno e o externo, enquanto diabolos divide, dissocia, aprisionando o indivíduo na liberalidade.

ANDREA HONAISER
Astróloga de abordagem Junguiana e da Astrosofia (Antroposofia de Rudolph Steiner) - Terapeuta Holística com formação em Naturopatia - Cromoterapia, Florais, Psicossomatica e Bioenergética. Formada em Artes Plásticas e Música. Membro da Psicoterapia do Encantamento (SP), Núcleo Junguiano Florianópolis e o Tara Dathu Sul América.

Tema: Astrologia - A Mandala da Vida

A Vida é uma jornada formada de Ciclos dentro de ciclos, onde começo meio e fim se entrelaçam a partir de um mesmo centro. O si mesmo que experimenta a partir de sua essência e natureza, uma dança entre luz e sombra, consciente e inconsciente, onde os arquétipos e suas funções, representados pelos planetas executam ciclos circulares formando um desenho único - um design um de-signio um de signo!

MANTRA VRATA DAS
Juan Carlos Rosero, Monje da Brahma gaudiya sampradaya, discípulo de Srila Paramadvaiti Swami Maharaj, formado em comunicação social, terapeuta Theta Heallig Institute of Knowledge, palestrante sobre processos de auto- realização e auto- cura.

Tema: Iantras - A Matriz da Criação

Falar sobre a fonte infinita da criação é sempre um estudo delicado e que se pode compreender em diversos níveis da manifestação, desde os transcendentais até os vibracionalmente mais densos e materiais. Nessa entrevista Mantra Vrata Das fala sob a perspectiva filosófica védica clássica da Índia sobre o centro e suas expressões.

Redes sociais

© Copyright 2018   |   projetoeaieduca@gmail.com  |   Caio Felix Mandalas